quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

4ª das minhas 4 tradições: A Câmera de Claire

Isabelle Huppert + Kim Min-Hee + Hong Sang-Soo + Cannes/2017



A 4ª das minhas 4 tradições cinéfilas, quando se inicia um novo ano, é a "Sessão Nº 1" com um filme estrangeiro inédito. E, com muita alegria, recebi com exclusividade, da Pandora Filmes, um de seus aguardados lançamentos para 2018, que integrou o "Festival do Rio 2017" e que foi exibido em Cannes/2017: " A CÂMERA DE CLAIRE" (que eu vou comentar aqui). Agradeço do fundo do meu coração a Pandora Filmes pelo carinho, respeito e incentivo, uma empresa que, em 2017, me acolheu, compreendeu o meu trabalho de luta com cinema, através do projeto que iniciei há mais de 1 ano, saindo do interior de São Paulo e me posicionando com garra em São Paulo, no circuito de cinema que explode para todo o Brasil, o que, podem acreditar mesmo, não é nada fácil. A Pandora integrou a grade formada por tanta gente que passou a me incentivar, respeitar, acreditar no meu sonho e sonhar junto comigo. Muito obrigado, gratidão de coração Pandora filmes!

Sobre o filme: dirigido pelo mestre Hong Sang-Soo, este é um dos 3 filmes lançados por ele em 2017, com a extraordinária Kim Min-Hee, em companhia da "rainha da porra toda" Isabelle Huppert. Na trama, durante uma viagem de negócios ao Festival de Cannes, Manhee é demitida, enquanto a professora Claire caminha pela cidade tirando fotos com sua câmera Polaroid. As duas se conhecem e logo ficam amigas. Claire consegue tanto desvendar o passado quanto prever um possível futuro para Manhee, com a ajuda de um misterioso túnel na praia. Através de seu hábito de tirar fotos, Claire também adquiriu a habilidade de olhar lentamente para as coisas, e até de transformar objetos. Agora, Claire vai com Manhee ao café onde ela foi demitida. Hong Sang-soo Nasceu em ​1961, Seul, Coreia do Sul. Dirigiu filmes como A mulher é o futuro do homem (Cannes 2004), Noite e dia (Berlim 2008), Ha ha ha (melhor filme na mostra Um Certo Olhar, Cannes 2010), O dia em que ele chegar (Cannes 2011), A visitante francesa (Cannes 2012), Nossa Sunhi (melhor diretor em Locarno 2013), Montanha da liberdade (Veneza 2014), Certo agora, errado antes (melhor filme e ator em Locarno 2015) e The Day After (Cannes 2017). Este filme vai estrear no Brasil, em circuito, em 2018 e eu vou trazer todas as informações. 

Instagram Oficial: @daniel_serafim_mais_cinema
Perfil Oficial: facebook.com/dsmaiscinema - Daniel Serafim

MAIS CINEMA! A GENTE SEMPRE QUER MAIS, DAQUILO QUE A GENTE AMA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário